Quem sou...

Minha foto
Professora Ms Herik Zednik
Este Blog foi criado com o intuito de estimular uma reflexão sobre a Educação. Discutiremos a educação como processo de mudança, daí o nome educere, que significa conduzir-se de um lugar ao outro ou de uma situação para outra. Neste sentido, refletiremos sobre uma educação que vem de dentro para fora e não apenas falaremos da educação formal, mas de tudo que a permeia e a ela é atribuído. Desta forma, entendemos que "tudo é uma questão de educação" e que, por isso, abordaremos notícias, campanhas, projetos, política, cidadania, ciência e tantos outros assuntos, afinal, educação é muito mais do que produzir conhecimento formal, é também ampliar horizontes, transformar atitudes, vivenciar cidadania.
Visualizar meu perfil completo


"A mais potente arma nas mãos do opressor é a mente do oprimido" - Steven Biko

"Leia! Leia não apenas as palavras, imagens e símbolos estampadas nas mais diversas mídias. Leia o mundo nas suas mais diversas formas e significados, leia as entrelinhas. Leia o tangível, o audível, o visível e quem sabe até o invisível. Leia o mundo e faça as mais diversas interrogações, afinal como diria nosso educador Paulo Freire "a leitura do mundo antecede a leitura da palavra". Nós estamos no mundo e uma parte dele está em nós através de nossas leituras."
Herik Zednik

“O fracasso do professor começa no momento que ele desiste de aprender”
Herik Zednik


"Quanto mais simples é a pessoa, mais ela sobe no meu conceito"
Herik Zednik

"Não conheço nenhum país, cidade ou município no mundo que tenha se desenvolvido sem ter investido seriamente em educação"
Herik Zednik

"Não importa quanto dinheiro tenha, quantos cargos ocupe, quanta fama possua ou poder detenha, a essência precisa ter dignidade, honestidade, generosidade e também muita humildade."
Herik Zednik

Para conhecermos os amigos é necessário passar pelo sucesso e pela desgraça. No sucesso, verificamos a quantidade e, na desgraça, a qualidade. " Confúcio

"Que ninguém se engane, só se consegue a simplicidade através de muito trabalho.." Clarice Lispector

"A educação só produz resultados em sociedades em que as pessoas podem fazer escolhas pessoais e econômicas, dando-lhes a oportunidade de serem criadoras e descobridoras." (Odemiro Fonseca em "Benefícios da liberdade")

"Educação serve pouco se as pessoas não forem livres. É só lembrar o que aconteceu nos países socialistas, onde a educação era considerada de qualidade."

"O discurso da impossibilidade da mudança para a melhora do mundo não é o discurso da constatação da impossibilidade, mas o discurso ideológico da inviabilização do possível" Paulo Freire

"A mente que se abre a uma nova idéia nunca voltará ao seu tamanho original." Albert Einstein

"Bendito, bendito é aquele que semeia livros, livros a mão cheia e manda o povo pensar; o livro caindo na alma, é germe que faz a palma, é chuva que faz o mar.". Castro Alves

Tecnologia do Blogger.

Ads 468x60px

Featured Posts

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Estudo da Unesco, com 128 nações, mostra que Brasil está atrás de Paraguai e Argentina; qualidade é o gargalo


O alto Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) que o Brasil conquistou há dois anos não chegou à educação. O relatório Educação para Todos, divulgado ontem pela Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (Unesco), mostra que a baixa qualidade do ensino nas escolas deixa as crianças para trás. É diretamente responsável por colocar o País na 88ª posição no Índice de Desenvolvimento Educacional (IDE), com resultado 0,883 (a nota varia de 0 a 1, sendo 1 a mais alta). O Brasil está atrás de Paraguai, Equador e Bolívia.

Dos quatro dados utilizados pela Unesco, o Brasil vai bem em três e tem resultados acima de 0,900 - o mínimo para ser considerado de alto desenvolvimento educacional. São bons os números de atendimento universal, analfabetismo e igualdade de acesso à escola entre meninos e meninas. Já quando se analisa o índice que calcula quantas crianças que entram na 1ª série do ensino fundamental concluem a 5ª série, o País cai para 0,756, um baixo IDE.

Mais do que isso, a situação piorou. No estudo anterior, com dados de 2005, o índice brasileiro ficou em 0,901. O recente relatório utiliza informações de 2007, ano em que há números comparáveis para os 128 países.

Segundo Nicole Bella, analista de políticas da Unesco em Paris e uma das responsáveis pelo relatório, o Brasil perdeu pontos porque a matrícula caiu de 95,6% em 2005 para 93,5% em 2007 e a taxa de sobrevivência na 5ª série de 80,5% para 75,6% no mesmo período. "A reprovação e a retenção escolar, assim como a qualidade da educação, atrapalham o progresso do País."

O gargalo da 5ª série do ensino fundamental é conhecido. O relatório aponta três fatores que influenciam o resultado das crianças e a permanência na escola: a necessidade de identificar, nos primeiros anos de escolaridade, o quanto a criança está aprendendo e tomar medidas para sanar as dificuldades; ter escolas com um mínimo de infraestrutura física e um bom ambiente escolar; um número consistente de horas em sala de aula, garantindo que pelo menos 80% delas seja de aprendizagem efetiva. Em nenhum deles o Brasil pode servir de exemplo.

Nas rede pública, a média de horas de aula por dia é de 4,5 no ensino fundamental e 4,3 no médio, quando seriam necessárias ao menos 6. Mais de 17,8 mil escolas não têm energia elétrica e só 37% possuem bibliotecas.

Para o presidente executivo do Movimento Todos pela Educação, Mozart Ramos, os dados reforçam que o maior desafio do País é a aprendizagem na educação básica. "Melhorar a qualidade é mais caro do que colocar a criança na escola." Para a educadora Ângela Soligo, da Unicamp, o País "investe demais em avaliação e de menos na melhoria da qualidade".

O Ministério da Educação informou que ainda vai analisar o relatório, mas, inicialmente, considerou os números "estranhos" porque houve a ampliação do ensino fundamental para nove anos e queda na evasão.

Fonte: 20/01/2010 - O Estado de S. Paulo
quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

O Governo do Estado através de seu programa "Férias no Ceará" estará trazendo para a cidade de Sobral a Banda mineira Skank que mostrará um show com os seus mais antigos e atuais sucessos, repetindo apresentação que realizou no interior de Minas Gerais, e em várias capitais do Brasil.

A Banda Skank se apresentará no dia 22/01, na
Boulevard do Arco a partir das 20h, com toda a estrutura montada pela Secretaria de Cultura e com o apoio da Prefeitura de Sobral. A Banda que abrirá a apresentação do Skank será a Groovytown.
quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

A secretaria da Cultura e Turismo de Sobral iniciou na sexta-feira, dia 15, na Praça São João, a programação de Bois e Reisados em nossa cidade. O Boi Lagartixa, um dos mais tradicionais da Zona Norte, fez a primeira de uma série de apresentações que se estenderá até o dia 30, nas diversas praças da sede e dos distritos.
O encerramento, dia 30, acontecerá na Boulevard do Arco, às 19h30, contando com a participação de todos os trinta grupos selecionados para o Circuito de Bois e Reisados deste ano.

(Clique na imagem abaixo para ver a programação completa)



Prefeito de Sobral, Leônidas Cristino, participou ao lado do secretário da Educação, Júlio César Alexandre, na manhã desta terça-feira, 19, da abertura oficial do ano letivo nas escolas da rede municipal. As escolas Dinorah Ramos, no bairro da Santa Casa, e Cel. Pery Frota, no distrito de Patriarca, foram as escolhidas pela secretaria da Educação devido aos excelentes índices educacionais obtidos no último ano.
Durante o seu discurso, o prefeito reinterou o compromisso da sua administração com a educação de qualidade para os filhos dos trabalhadores sobralenses, tanto da sede como dos distritos. Em Patriarca, atendendo a solicitação da comunidade escolar, Leônidas assumiu o compromisso de buscar recursos para a construção de uma nova escola naquela localidade, que sofre com o pouco espaço da escola atual.
Presentes a solenidade, vários secretários municipais, lideranças politicas, comunitárias, imprensa e membros das comunidades onde ocorreram as solenidades.


O secretário da Educação de Sobral, Júlio César Alexandre, representou o prefeito Leônidas Cristino, na solenidade de assinatura da ordem de serviço para reforma de 21 escolas localizadas na região sob orientação da 6ª CREDE. A solenidade aconteceu na noite desta segunda-feira, 18, no Centro de Convenções.
A cerimônia foi comandada pela orientadora da 6ª CREDE, Profª. Valdísia Ribeiro, e contou também a participação da prefeita de Graça, Augusta Brito. Com mais esta importante ação em favor da educação pública estadual, o Governo do Estado resolverá de uma só vez todas as demandas verificadas nas escolas contempladas com os projetos de reforma. Das 21 escolas que receberão os benefícios, 19 estão localizadas no município de Sobral.

Relação das escolas sobralenses:
- Agostinho Neres Portela (Rafael Arruda)
- Ayres de Sousa (Jaibaras)
- CEJA Profa. Cecy Cialdini (Centro)
- Colégio Estadual Dom José (Cidao)
- CERE Prefeito José Euclides F. Gomes – Cirão (Junco)
- Dep. Cesário Barreto Lima (Taperuaba)
- Dr. João Ribeiro Ramos (Centro)
- Israel Leocádio (Aracatiaçu)
- Dr. José Euclides F. Gomes (Jordão)
- Dom Walfrido Teixeira Vieira (Colina)
- Ministro Jarbas Passarinho (Junco)
- Mons. José Ferreira (Centro)
- Mons. José Gerardo (Cohab I)
- Professor Arruda (Centro)
- Profa. Carmosina F. Gomes (Sumaré)
- Prof. Luis Felipe (Campo dos Velhos)
- Profissional São José (Cidade Mons. Aloisio)
- Sinhá Sabóia (Dom Expedito)
- APAE (Junco)
sexta-feira, 15 de janeiro de 2010
quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Escolas públicas e particulares de todo o país que ainda não se adequaram terão até agosto para passar a oferecer o ensino de língua espanhola aos estudantes do ensino médio. A determinação é da Lei federal nº11.161, sancionada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que não só transforma a disciplina em obrigatória como dá para as instituições de ensino o prazo de cinco anos para a conclusão do processo de implantação. Curiosamente, a obrigação acaba no dever da Escola, segundo a legislação, o aluno pode optar por cursar ou não a matéria. Os diretores de Escolas acreditam que a ideia, embora pareça adequada, deve resultar em um problema grave: encontrar professores qualificados para ministrar a nova disciplina. Para o diretor do Centro de Ensino Nº 3 de Ceilândia, Waldek Batista, os alunos em processo de formação que aceitarem a oferta terão várias portas abertas na carreira profissional. Como destacou, a atual realidade é “de um mundo globalizado e de um mercado de trabalho competitivo”, por isso, “aqueles que tiverem no currículo outra língua, terão mais oportunidades”. Mas — Waldek ressalta — vai ser difícil colocar em prática o que manda a lei. “Hoje, o estado já obriga a oferta do inglês. Mas no caso do espanhol, vamos passar por dificuldades. A Secretaria de Educação terá que prover as Escolas com esses professores, habilitados para trabalhar com essa disciplina”, destacou o diretor.

A presidente do Sindicato dos Estabelecimentos Particulares de Ensino do Distrito Federal (Sinepe-DF), Amábile Pacios, explica que as Escolas particulares já oferecem o ensino da língua espanhola, mas também encontram dificuldade para fechar o corpo docente. “Não vai ter professor para atender todas as Escolas. O governo, de fato, vai precisar incentivar as pessoas para que elas possam optar pelo curso de espanhol para dar aula.”

Outro ponto destacado por Amábile é que, se os legisladores começarem a acrescentar disciplinas na grade curricular, as Escolas terão dificuldade para ensinar a ler e a escrever. “A obrigatoriedade da Educação no trânsito e Educação sexual, por exemplo, são projetos de lei que estão esperando para serem aprovados. Daqui a pouco, não teremos hora para dar o português e a matemática. Os legisladores precisam conversar com os educadores antes de apresentarem as propostas”, diz a presidente. Outra matéria que também já é obrigatória, e até o ano que vem deverá ser implantada nas Escolas, é o ensino de música.

Fonte: 14/01/2010 - Correio Brasiliense
quarta-feira, 13 de janeiro de 2010
Professores de Escolas públicas e particulares podem ter o desempenho avaliado em um processo chamado Exame Nacional do Magistério da Educação Básica (Enameb). É que tramita na Câmara dos Deputados o Projeto de Lei 6114/09, do Senado Federal, que institui o exame. Se for aprovado, o Enameb estimará a habilidade do professor para se ajustar à evolução do conhecimento e, também, a sua compreensão da realidade brasileira e mundial.
De acordo com o projeto, o Enameb será desenvolvido em cooperação com os sistemas de ensino estaduais e municipais. Em cada ano, será avaliada apenas uma das categorias de professores: os da Educação Infantil; os dos anos iniciais do ensino fundamental; os dos anos finais do ensino fundamental; os do ensino médio; e os da Educação de Jovens e Adultos e da Educação Especial. Dessa forma, o ciclo de exames se completará em cinco anos.

Teste deve ser utilizado, também, para a progressão na carreira
A inscrição e a participação no Enameb serão voluntárias e gratuitas. Além disso, os sistemas de ensino poderão utilizar os resultados do exame como parte da avaliação de desempenho do professor e também para progressão na carreira. O exame poderá servir ainda para traçar o perfil dos docentes e suas condições de trabalho.
Segundo o autor do projeto, o suplente de senador Wilson Matos, os dados obtidos com a aplicação do exame poderão contribuir para o aperfeiçoamento e a reciclagem dos docentes e para corrigir falhas dos sistemas de ensino. O projeto tramita em caráter conclusivo e será analisado pelas comissões de Educação e Cultura; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Fonte: 12/01/2010 - Jornal de Brasília
As secretarias de Educação têm até quarta-feira para inscreverem as Escolas de ensino fundamental que vão participar em 2010 do Programa Mais Educação. Atualmente, 5,5 mil unidades participam do projeto que dá apoio financeiro e técnico para que os alunos frequentem a Escola em tempo integral. Neste ano serão 10 mil colégios atendidos, mas mil vagas ainda não foram preenchidas. As informações são da Agência Brasil.
Para participar do Mais Educação, as Escolas precisam atender a alguns pré-requisitos, como estar em municípios com mais de 100 mil habitantes ou em cidades com mais de 50 mil habitantes situadas no entorno das regiões metropolitanas, em municípios atendidos pelo Programa Nacional de Segurança com Cidadania (Pronasci) ou ainda ter registrado em 2007 Índice de Desenvolvimento da Educação (Ideb) de até 3,5 pontos.


Planos de trabalho

As secretarias de Educação precisam agora inscrever as Escolas que se encaixam nesse perfil e já foram pré-selecionadas pelo ministério. O cadastro deve ser feito pelo Sistema Integrado de Planejamento, Orçamento e Finanças do Ministério da Educação (Simec). Depois do cadastro, as Escolas precisam informar até 10 de fevereiro seus planos de trabalho e as atividades que serão desenvolvidas no contraturno.

Fonte: 12/01/2010 - Gazeta do Povo

Com a proximidade do inicio do período letivo de 2010, a secretaria da Educação de Sobral convocou os 97 prestadores de serviço de transporte escolar que atuam no município para uma reunião na tarde desta segunda-feira, 10, no auditório da Prefeitura.
Coordenada pelo gerente de transportes, José Gomes Aragão (Didi), pelo assistente técnico, Tarcísio Farias, e pelo prof. Osmarino Ribeiro, representando os diretores, o encontro serviu para repassar algumas determinações com relação ao rigor que a Prefeitura está exigindo tanto dos veículos, que devem estar com toda a situação documental e de manutenção em dia, como dos condutores, de quem será exigido um curso de direção especial a ser ministrado pelo Sest/Senat.
Para 2010, a projeção da Secretaria da Educação é de que cerca de 35 mil alunos deverão ser matriculados nas 45 escolas que compõem a rede municipal de ensino.

Objetivando o desenvolvimento profissional e a qualificação dos processos de ensino-aprendizagem a Prefeitura Municipal de Sobral, através da Secretaria da Educação e da Escola de Formação Permanente do Magistério - ESFAPEM promoveu no período de 05 a 08 de janeiro, a Formação Continuada para os Professores da Educação Infantil, Fundamental I e II e EJA das escolas da rede municipal de ensino.
Nos dias 11 e 12 no Centro de Convenções a equipe de Formadores da Aprender Editora realizou Formação para 90 professores das turmas de 2º Ano e 120 Coordenadores Pedagógicos do município. A metodologia apresentada se deu através de oficinas, que enfatizaram os descritores – questões elaboradas com situações efetivas de uso da escrita e da leitura.
Os Encontros de Formação acontecerão mensalmente, conforme calendário.
terça-feira, 12 de janeiro de 2010

A Universidade Estadual Vale do Acaraú realizará solenidade de Outorga de Grau, no dia 15 de janeiro, aos 450 concludentes de 19 cursos de graduação. A cerimônia será presidida pelo Reitor da UVA, professor Antonio Colaço Martins, e será realizada às 19h, na Quadra Poliesportiva do Centro de Ciências da Saúde (CCS), no campus do Derby.
Para mais informações, ligar para a Pró-Reitoria de Ensino de Graduação (PROGRAD). O telefone é (88) 3677.4213.

Os 35 estudantes brasileiros selecionados no Programa Jovens Embaixadores 2010 viajaram na última sexta-feira, dia 8, para os Estados Unidos. Dentre eles, dois cearenses: Nazareno Sousa Araújo, de Sobral, e Nietzsche Moura Mascarenhas, de Juazeiro do Norte.

Os estudantes passarão três semanas naquele País, onde ficarão hospedados em casas de famílias norte-americanas voluntárias. Os brasileiros foram selecionados entre mais de 4 mil estudantes da rede pública de ensino.

A Secretaria de Educação de Sobral avisa que estão abertas as matriculas para o Programa Brasil Alfabetizado, voltado para a alfabetização de jovens, adultos e idosos com 15 anos ou mais, e que não saibam ler ou escrever. As pessoas interessadas deverão procurar a escola mais próxima de sua comunidade para a realização da matrícula.
Para dirimir sobre eventuais dúvidas, os interessados podem também ir a sede da Secretaria de Educação, no 2º andar da Prefeitura e falar com Fátima ou Valéria, ou ainda ligar para o telefone 3677-1240.

O Brasil não pode desperdiçar a oportunidade que tem, a partir deste ano, de obter também na área educacional o reconhecimento mundial que angariou pela gestão da economia. O novo Plano Nacional de Educação (PNE), que deve ser votado pelo Congresso, deixa de ser, pelo menos nas intenções, mais um remendo nas políticas para o setor. Anuncia-se, com o aval de especialistas da área, que o PNE tem o poder de finalmente cumprir com o que foi prometido em 1932, quando um grupo de educadores, mobilizados pelo Manifesto dos Pioneiros da Educação, inspirou a inclusão de um programa nacional na Constituição de 1934.

Passados mais de 75 anos, o Brasil venceu todas as etapas que o transformaram em uma economia industrializada e, mais recentemente, o incluíram em todas as listas das futuras potências mundiais. Os avanços não se sustentaram em políticas consistentes para a Educação. Os programas nacionais foram cumpridos apenas parcialmente. Adiou-se até hoje o cumprimento de compromissos e direitos básicos previstos na Constituição de 1988.

Por ter particularidades que o distinguem dos anteriores e são exaltadas por educadores, o novo PNE será a grande chance de correção de rumos do país. Uma das principais é a obrigatoriedade de uma clara sinalização dos recursos e metas do setor. Articulados, União, Estados e municípios perseguirão objetivos inegociáveis, entre os quais o de antecipar o ingresso de crianças nas Escolas. O programa parte do princípio de que, ao antecipar a presença no ensino, o setor público não estará apenas potencializando a capacidade de aprendizado das crianças, mas dando suporte a famílias que, por questões econômicas, sociais ou culturais, não se sentem estimuladas ou não têm condições de perseverar no encaminhamento e na manutenção dos filhos na Escola. Amplia-se a noção de que a obrigação do Estado e dos pais no que se refere à Educação deve inevitavelmente passar pela compreensão das realidades sociais.

O objetivo de conciliar o aumento da inclusão Escolar com melhoria da qualidade, passando também pela questão da qualificação e remuneração dos professores, passa igualmente pela responsabilização de todas as esferas de governo. Institui-se, mesmo que informalmente, uma espécie de lei de responsabilidade educacional, para que, assim como acontece na gestão administrativa, com a Lei de Responsabilidade Fiscal, a Educação seja finalmente tratada com seriedade.

O desafio é grandioso. Quase 10% da população brasileira é de analfabetos. Apenas 13,7% dos jovens de 18 a 24 anos frequentam curso superior. O piso salarial de um professor é de R$ 950. O PNE, que expressa uma política de Estado e não apenas de governos e deve por isso ser encampado pelos candidatos à sucessão presidencial, é recebido como a possibilidade real de fazer com que, em duas décadas, o Brasil possa reduzir a distância em relação aos melhores ensinos do mundo, com elevação da Escolaridade e redução das desigualdades sociais e regionais que de fato democratizem o acesso à Educação.

Fonte: 11/01/2010 - Zero Hora
Os laptops do programa Um Computador por Aluno (UCA) devem finalmente chegar às escolas em 2010. A fabricante CCE venceu o pregão para a compra de 150 mil computadores, que serão distribuídos em 300 escolas.


O edital determina que em 30 dias a empresa deve distribuir as primeiras 3 mil máquinas que serão utilizadas para capacitação dos professores.

A licitação para compra dos computadores do projeto estava emperrada desde 2008. A primeira colocada no processo era a Comsat, que apresentou o melhor preço, seguida pela CCE. Mas o equipamento foi reprovado nos testes de avaliação do Ministério da Educação. Com isso, houve um atraso no processo porque a Comsat contestou mais de uma vez, por meio de processos administrativos, a validade dos testes.

Segundo o assessor do gabinete de inclusão digital da Presidência da República, José Luiz de Aquino, não há mais possibilidade de recursos à Comsat, a não ser por meios jurídicos. A CCE cobriu a proposta que tinha sido apresentada pela primeira vencedora da licitação e o projeto será executado por R$ 82 milhões. Com isso, cada equipamento sairá por cerca de R$ 550.

As escolas vão começar a receber os computadores à medida que forem cumpridos dois pré-requisitos: a capacitação de professores para trabalhar com os computadores portáteis e a instalação de uma rede de internet sem fio.

Fonte: 08/01/2010 - Agência Brasil
domingo, 10 de janeiro de 2010

A boa notícia para os professores da rede pública de ensino, nesse início de novo ano, é a concessão do reajuste de 7,68% no piso salarial.

Foto: Blog CFIAPO governo federal oficializou o aumento desde o dia 1º de janeiro, quando o valor do menor salário para a categoria saiu dos R$ 950 para R$ 1024, 67, considerando uma jornada semanal de 40 horas semanais. Já para evitar possíveis críticas quanto à impossibilidade do pagamento do novo piso nas prefeituras brasileiras, o ministro da Educação, Fernando Haddad garantiu que o orçamento dos Estados e municípios suporta plenamente o aumento.

Um dos motivos para que os gestores relaxem é o de que o país deve ter um crescimento na arrecadação desse ano, levando em conta as projeções para o aumento do Produto Interno Bruno (PIB), que poderá variar até 5%. Além disso, o Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBT) prevê que o governo arrecade por volta de R$ 1,25 trilhão em 2010. A previsão do mesmo instituto para o ano passado foi de R$ 1,09 trilhão.

Fonte: http://www.arturbruno.com.br/acao/artigos/2008/texto.asp?id=1742
quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

Mais um progresso na área da Educação beneficiará alunos cearenses no próximo ano. O Ministério da Educação anunciou ontem, 28, um reajuste no valor da merenda escolar a ser repassado aos municípios brasileiros no ano letivo de 2010.

O valor da merenda, que antes era de R$ 0,22 por aluno, passará a ser de R$ 0,30 por dia, para cada estudante dos Ensinos Infantil, Fundamental, Médio e Educação de Jovens e Adultos. Este ano, o custo da merenda escolar foi de R$ 2,2 bilhões. Em 2010, este valor será de R$ 3 bilhões. O objetivo da medida é recompor o poder de compra de alimentos para as escolas.


Fonte: SEDUC


As férias na terra do sol terão dias agitados nos quatro cantos do Estado. Confira a programação!

DIA

MUNICÍPIO

BANDA

07/01/10

Itapipoca

Jota Quest (Show de Abertura - Locomotiva)

08/01/10

Quixeramobim

Jota Quest (Show de Abertura – Retroativa)

09/01/10

Fortaleza

Jota Quest (Show de Abertura – Soul Pop)

10/01/10

Juazeiro do Norte

Jota Quest (Show de Abertura – Doppin)

DIA

MUNICÍPIO

BANDA

14/01/10

Crateús

Nando Reis (Show de Abertura – Concreto e Asfalto)

15/01/10

Guaramiranga

Nando Reis (Show de Abertura – Serrão)

16/01/10

Fortaleza

Nando Reis (Show de Abertura – O Verbo)

17/01/10

Crato

Nando Reis (Show de Abertura – Soul Pop)

DIA

MUNICÍPIO

BANDA

21/01/10

Iguatu

NX Zero (Show de Abertura – Red Steel)

22/01/10

Sobral

Skank (Show de Abertura – O Verbo)

23/01/10

Fortaleza

Skank (Show de Abertura – Doppin)

24/01/10

Cascavel

Skank (Show de Abertura – Diorama)

DIA

MUNICÍPIO

BANDA

281/01/10

Tauá

Lulu Santos (Show de Abertura – Igualdade)

29/01/10

Aracati – Canoa

Lulu Santos (Show de Abertura – Zona Azul)

30/01/10

Fortaleza

Lulu Santos (Show de Abertura – Edu Portela)

31/01/10

Camocim

Lulu Santos (Show de Abertura – Groovytown)

DIA

MUNICÍPIO

BANDA

04/02/10

Barbalha

Biquíni Cavadão (Show de Abertura – Retroativa)

05/02/10

São Benedito

Biquíni Cavadão (Show de Abertura – Groovytown)

06/02/10

Fortaleza

Biquíni Cavadão (Show de Abertura – Groovytown)

07/02/10

Limoeiro do Norte

Biquíni Cavadão (Show de Abertura – Soul Pop)


Obrigada pela visita!!!

Busque no blog

Carregando...

Redes Sociais

Hora certa

Previsão do Tempo

A Hora da e Escola

A Hora da e Escola
Toda quinta-feira, às 13h30min, na Rádio Caiçara

Blogs Indicados

Meus Vídeos

A Embriaguez do Movimento

Seguidores

Popular Posts